Comunicado PS Vagos: balanço e trabalho autárquico

Concluídas as conversações pós eleitorais nas freguesias e instaladas a Câmara e Assembleia Municipais e as Assembleias de Freguesia, o Partido Socialista de Vagos vem, a par de breve balanço das eleições autárquicas, dar nota de Acordos Políticos e do trabalho para o futuro.

 

1 – O PS Vagos obteve o seu melhor resultado de sempre em eleições autárquicas, em votos, percentagem e mandatos. Elegemos um Vereador para a Câmara Municipal (facto que apenas se tinha verificado em 1976); Teremos três deputados na Assembleia Municipal (superando claramente o melhor resultado percentual de sempre); Apresentámos, pela primeira vez, candidaturas a todas (oito) as Juntas de Freguesia (melhor de sempre foram quatro candidaturas); Faremos parte do executivo de duas Juntas de Freguesia, também pela primeira vez (máximo tinha sido em um executivo), e teremos representação na Assembleia de Freguesia de outra. As expectativas iniciais eram ainda mais favoráveis, contudo, a marca destas eleições é a quebra definitiva do paradigma eleitoral que se resumia a dois partidos com visibilidade e efetiva responsabilidade pós eleitoral.

 

2 – Na Câmara Municipal e na Assembleia Municipal guiar-nos-á sobretudo a defesa do programa que apresentámos ao eleitorado (10 prioridades para o concelho de Vagos) e uma postura de fiscalização preventiva, proativa e construtiva.

 

3 – O PS realizou dois Acordos Políticos com os dois partidos que venceram nas freguesias de Soza e de Vagos e Santo António, com vista a viabilizar governações com maior pluralidade de ideias, permitir uma maior fiscalização, garantir uma maior representatividade da população nos destinos das Freguesias, em particular, dando voz aos eleitores do PS. São bons Acordos que nos responsabilizam e permitem, por exemplo, a execução de medidas que propusemos em manifesto eleitoral e que acreditamos serem aquelas que respondem melhor às necessidades dos cidadãos das freguesias. Também acompanharemos ativamente e com muita atenção os trabalhos nas outras Juntas e Assembleias de Freguesias, onde tenhamos ou não conquistado representação formal.

 

4 – Este processo eleitoral foi apenas mais um passo num trajeto que iniciámos o ano passado, com base na ideia de que o crescimento do PS tem de ser e vai continuar a ser feito de forma sustentada. Para isso, continuaremos a dedicar-nos ao bem comum e ao desenvolvimento da nossa terra, como partido de construção, procurando credibilizar a ação política e promovendo a participação e inclusão de todos os que connosco queiram trabalhar e partilhar ideias.

 

Pelo Secretariado do PS Vagos

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s